Entenda a importância de se ter um ralo de piscina adequado.


 

Era para ser um passeio de família com a filha Rachel, de 7 anos. A família estava hospedada em um hotel em Balneário Camboriú, litoral de Santa Catarina. Rachel brincava na piscina infantil, de 60 centímetros de profundidade. Pode parecer pouco, mas foi o que bastou para tirar a vida da menina. Ela ficou presa debaixo d'água quando o cabelo foi sugado pelo ralo da piscina. A família, que mora em Guarujá, litoral de São Paulo, ainda está muito abalada.

 

Este não é o primeiro caso trágico envolvendo ralos de sucção em piscinas. O mais conhecido é o da filha de Odele Souza. Em 1998, quando Flávia tinha 10 anos, ela também teve os cabelos sugados pelo ralo do fundo de uma piscina. Foi resgatada com vida, mas entrou em coma e nunca mais saiu. Um sofrimento que já tem 19 anos. Dona Odele vem lutando durante todos esses anos para que as autoridades tomem providências para evitar que mais famílias sofram acidentes como esses.

 

Manter a piscina sempre com o ralo tampado, evita acidentes assim. O baixo custo e a fácil acessibilidade do produto, não explicam porque acidentes assim ainda acontecem.

 

A Tecpool indica e orienta seus clientes a sempre utilizarem o ralo em suas piscinas. A segurança deve vir antes da diversão. Não se esqueça de sempre nos consultar sobre o ralo adequado à sua piscina.

 

Veja também:
Cuidados com a piscina para evitar formação de criadouro da dengue
Conheça as principais diferenças entre piscinas de alvenaria, vinil e fibra
Dicas para a manutenção de piscinas